Feeds:
Artigos
Comentários

Para garantir a sobrevivência, mesmo em condições de escassez de nutrientes, os mamíferos são capazes de estocar o excesso de calorias consumidas e não requisitadas, para suprir suas necessidades metabólicas imediatas. O tecido adiposo é o principal reservatório energético do organismo, e nos mamíferos existem duas variedades dele: o branco e o marrom. Hoje iremos falar um pouco desse segundo tecido, o marrom, e como ele promove a termogênese (produção de calor nos seres vivos).

Como tudo em biologia tem mais de um nome, esse tecido também não poderia fugir da regra, aqui vamos chamá-lo de tecido adiposo marrom, porém ele também pode ser chamado de tecido adiposo pardo, ou multilocular. Alguns desses nomes são pelo o motivo de ele apresentar uma coloração mais escurecida, devido as numerosas mitocôndrias presentes em suas células. Ao contrário do branco, que é encontrado em quase todo o corpo humano, ele está praticamente ausente em adultos, sendo encontrado apenas em áreas restritas de fetos humanos e recém-nascidos. “ Não há neoformação de tecido adiposo multilocular após o nascimento nem ocorre transformação de um tipo de tecido adiposo em outro” (JUNQUEIRA & CARNEIRO, 1999, p. 103). Já em animais que hibernam ele é abundante.

A especialidade do tecido adiposo marrom é a produção de calor, e portanto, ele participa ativamente em situações que necessitem de uma regulação da temperatura corporal. Quando ocorre a necessidade de aumentar a taxa de produção de calor, um sinal é enviado via sistema nervoso até o tecido, e como as mitocôndrias presentes nele não possuem o complexo enzimático necessário para a síntese de ATP, elas acabam utilizando a energia liberada pela oxidação de metabólitos, principalmente ácidos graxos para gerar calor. Este processo ocorre porque a proteína desacopladora termogenina, é uma proteína da membrana mitocondrial interna do tecido adiposo marrom que descarrega a energia gerada pelo acúmulo de prótons no espaço intermembranoso das mitocôndrias, durante as reações oxidativas do Ciclo de Krebs. Esta ação desvia esses prótons e impede a síntese de ATP, permitindo que a energia estocada na mitocôndria se dissipe em calor, que aquece o sangue contido na extensa rede capilar presente no tecido adiposo marrom e é distribuído para todo o corpo, aquecendo os diversos órgãos.

(Por este motivo podemos entender porque os nossos antepassados conseguiam suportar temperaturas tão baixas, por terem uma quantidade maior de tecido adiposo marrom e uma taxa de triglicerídios e colesterol baixo, diz Henrique Cosentine)

Nos animais que hibernam, este tecido é importante em toda as fases da hibernação, mas é no despertar que ele tem sua maior importância fisiológica, funcionando como um “acendedor” dos outros tecidos, por distribuir para estes o sangue aquecido. Já no homem, sua importância esta restrita aos primeiros meses de vida, protegendo o recém nascido contra o frio excessivo.

REFERÊNCIAS:

FONSECA-ALANIZ, Miriam H.; TAKADA, Julie; ALONSO-VALE, Maria Isabel C.; LIMA, Fabio Bessa; O Tecido Adiposo Como Centro Regulador do Metabolismo. Arq Bras Endocrinol Metab, vol 50 nº 2, Abril 2006.

JUNQUEIRA, Luiz C. ; CARNEIRO, José. Histologia Básica. 9° ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A.1999.

MURRAY, Robert K.; GRANNER, Daryl K.; RODWELL, Victor W.; Bioquímica ilustrada. 27° ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2007.

Abdominal Rique Program

Este programa consiste em uma reeducação alimentar (com a Nutricionista de sua preferência),

acupuntura

e 45 minutos semanais de exercícios, para obter-se uma vida saldável e com um abdome com um tônus muscular tão sonhado (tanquinho).

corpos esbeltos 300x199 Exercícios abdominais servem para perder barriga?

Obs. cont. indicação: Cardiopatas, Discopatias, Cirurgias Específicas de Abdome.

Agende um horário e obtenha saúde, fone 011 – 9659-6719, atendimentos em sua residência.

Ter saúde é viver em harmonia com a natureza, buscando assim a homeostasia.

saude.jpg Um novo blog image by pedrocazevedo

A neurociência é o estudo da realização física do processo de informação no sistema nervoso humano animal e humano. O estudo da neurociência engloba três áreas principais: a neurofisiologia, a neuroanatomia e neuropsicologia.

É uma ciência dedicada à prevenção, diagnóstico e tratamento de alterações do sistema neuro-músculo-esquelético, que causam dores nas costas, no pescoço e na cabeça. Também previne problemas de postura, hérnias de disco e complicações articulares e musculares. O tratamento é feito com o uso das mãos. “A quiropraxia não tem relação com massagens em geral. A manipulação acontece em movimentos rápidos e precisos no segmento articular ou muscular afetado”, diz Henrique Cosentine, M.C.M.T. Quiropraxista formado pelo Instituto PHYSION.

A Acupuntura tem como objetivo principal estabelecer o equilíbrio relativo à pessoa, proporcionando qualidade de vida. A Acupuntura é indicada como uma terapêutica preventiva e/ou para doenças já instaladas no organismo do indivíduo, tais como: cólicas menstruais, dores de cabeça, coluna, tendinite, prisão de ventre, frigidez, insônia, stress, etc. diz Henrique Cosentine M.C.M.T. Acupunturista, formado pela Escola de Medicina Oriental de São Paulo. Acupuntura consiste na aplicação de agulhas, em pontos definidos do corpo, chamados de “Pontos de Acupuntura” ou “Acupontos”, para obter efeito terapêutico em diversas condições.

Atribui-se o nome “Acupuntura” a um jesuíta europeu que retornando da China, no século XVII, adaptou os termos chineses “Zhen” e “Jiu”, juntando as palavras latinas “Acum” (agulha) e “Punctum” (picada ou punção).

A tradução literal do termo chinês, no entanto, é bem diferente. O correto seria Zhen (agulha) e Jiu moxa ou seja “longo tempo de aplicação do fogo”.

A tradução causa a impressão de que o terapeuta só trabalha com agulhas. Os pontos e meridianos também podem ser estimulados por outros tipos de técnicas. Na verdade, os pontos de Acupuntura podem ser estimulados por agulhas, dedos (acupressão),stiper(do inglês Stimulation and Permanency – Estimulação Permanente),ventosa ou pelo aquecimento promovido por moxa ou seja longo tempo de aplicação do fogo”, – um bastão de artemísia em brasa, que é aproximado da pele para aquecer o ponto de acupuntura. Há, também, o método de estimulação por laser, ainda em estudos.